The grapes are fruits rich in antioxidants, which are found mainly in its peel, leaves and seeds, providing several health benefits, such as cancer prevention, decreased muscle fatigue and improved bowel function.

Each grape variety has specific properties, and greater amounts of benefits can be obtained when green and purple grapes are consumed.

When it comes to the nutritional properties of the grape, many people come up with the idea of consuming a small glass of wine. However, the positive effects of this food are associated not only with wine and grape juice, but also with fresh fruit, be it purple or green / white grapes.

Grape types

The green and purple grapes are distinct species, and in the ripening process, they suffer changes in color, the more vivid the tone of the grape, the more ripe it will be, with a softer consistency and a sweet taste.

Grape Benefits

Not only is the grape flavor gaining space, several beneficial health effects have been attributed to the phenolic compounds present in its composition, such as:

  • Antioxidant effects
  • Anti-inflammatory action
  • Antimicrobial (inhibits the development of microbes)
  • Anticarcinogenic (acts in the prevention of cancer).

Currently, the bioactive resveratrol is the polyphenol that attracted the most attention, as studies show an inverse relationship between the consumption of this bioactive and the appearance of cardiovascular diseases. This is because it is associated with:

  • Improved blood vessel dilation
  • Decreased oxidation of “bad” cholesterol (LDL)
  • Performance in the blood pressure regulatory system, helping to control it, due to greater vasodilation of the arteries.

Vitamin C, also present in grapes, contributes to:

  • Proper functioning of the immune defense system
  • Better absorption of dietary iron

The consumption of fresh grapes or whole fruit juices also guarantees the intake of B vitamins and minerals such as iron, calcium and potassium. However, juices have less fiber due to processing, in addition to containing greater caloric content per serving, so they should be included with balance in the diet.

As they are liquid, they do not require the chewing process, which is responsible for promoting greater satiety, and this can increase the calorie intake of the meal.

How to ingest

Fresh fruit remains the best way to ingest good nutrients, and in the case of grapes the consumption of the peel is indicated, since the highest amount of polyphenols is concentrated in it and in the seeds.

grapes

10 benefícios da uva para a saúde

A uva é uma fruta rica em antioxidantes, que são encontrados principalmente em sua casca, folhas e sementes, proporcionando diversos benefícios para a saúde, como prevenção do câncer, diminuição da fadiga muscular e melhora do funcionamento do intestino.

Cada variedade de uva possui propriedades específicas, podendo ser obtida maior quantidades de benefícios quando são consumidas uvas verdes e roxas.

Quando falamos em propriedades nutricionais da uva, muitos vem à mente a ideia do consumo de uma pequena taça de vinho. Entretanto, os efeitos positivos desse alimento estão associados não só ao vinho e ao suco de uva, mas também ao fruto in natura, seja a uva roxa ou verde/branca.

Tipos de uva

A uva verde e roxa são espécies distintas, e no processo de amadurecimento, sofrem alterações na coloração, quanto mais vívido o tom da uva, mais madura ela estará, com consistência mais amolecida e sabor adocicado.

Benefícios da uva

Não só pelo sabor a uva vem conquistando espaço, vários efeitos benéficos à saúde têm sido atribuídos aos compostos fenólicos presentes em sua composição, tais como:

  • Efeitos antioxidante
  • Ação anti-inflamatória
  • Antimicrobiana (inibe o desenvolvimento de micróbios)
  • Anticarcinogênica (atua na prevenção do câncer).

Atualmente, o bioativo resveratrol é o polifenol que atraiu mais atenção, pois estudos mostram uma relação inversa entre o consumo desse bioativo e surgimento de doenças cardiovasculares. Isso porque está associado a:

  • Melhora na dilatação dos vasos sanguíneos
  • Diminuição da oxidação do colesterol “ruim” (LDL)
  • Atuação no sistema regulatório da pressão arterial, auxiliando no controle da mesma, devido a maior vasodilatação das artérias.

A vitamina C, também presente na uva, contribui para:

  • Bom funcionamento do sistema de defesas imunológicas
  • Melhor absorção do ferro alimentar

O consumo de uvas frescas ou sucos da fruta integral também garantem a ingestão de vitaminas do complexo B e minerais como ferro, cálcio e potássio. No entanto, os sucos possuem menor quantidade de fibras devido ao processamento, além de conterem maior quantidade calórica por porção, por isso devem ser incluídos com equilíbrio na dieta.

Por serem líquidos, não exigem o processo de mastigação, um dos responsáveis por promover maior saciedade, e isso pode aumentar a ingestão de calorias da refeição.

Como ingerir

A fruta in natura continua sendo a melhor forma de ingerir bons nutrientes, e no caso da uva é indicado o consumo da casca, já que nela e nas sementes estão concentrados a maior quantidade de polifenóis.

Veja também: 10 benefícios do melão para saúde

Escolha da uva

Uma dica importante na escolha da uva ou do suco é analisar a coloração, pois normalmente, uvas com baixos teores em pigmentos são também deficientes em açúcar e excessivamente ácidas, de modo que a cor é também um bom indicador da qualidade geral do produto.

Uvas cabem na dieta durante todo o ano, no entanto a época boa para aumentar o consumo é no seu período de boa safra, no verão, entre os meses de janeiro e março, época em que as uvas se encontram mais maduras, adocicadas, e costumam sofrer uma queda de preço devido a durabilidade mais baixa no mercado.

Fonte: minhavida.com.br & tuasaude.com

Write A Comment