If you’re feeling stressed, it’s only natural to seek relief. Below you will see some great options to relieve stress.

While occasional bouts of stress are difficult to avoid, chronic stress can take a serious toll on your physical and emotional health. In fact, it may increase your risk of conditions like heart disease and depression (1Trusted Source2Trusted Source3Trusted Source4Trusted Source).

Interestingly, certain foods and beverages may have stress-relieving qualities.

Here are 9 stress-relieving foods and beverages to add to your diet.

Sweet potatoes

Eating whole, nutrient-rich carb sources like sweet potatoes may help lower levels of the stress hormone cortisol (11Trusted Source).

Although cortisol levels are tightly regulated, chronic stress can lead to cortisol dysfunction, which may cause inflammation, pain, and other adverse effects (12Trusted Source).

An 8-week study in women with excess weight or obesity found that those who ate a diet rich in whole, nutrient-dense carbs had significantly lower levels of salivary cortisol than those who followed a standard American diet high in refined carbs (13Trusted Source).

Sweet potatoes are a whole food that makes an excellent carb choice. They’re packed with nutrients that are important for stress response, such as vitamin C and potassium (14Trusted Source).

Eggs 

Eggs are often referred to as nature’s multivitamin because of their impressive nutrient profile. Whole eggs are packed with vitamins, minerals, amino acids, and antioxidants needed for a healthy stress response. 

Whole eggs are particularly rich in choline, a nutrient found in large amounts in only a few foods. Choline has been shown to play an important role in brain health and may protect against stress (25Trusted Source).

Animal studies note that choline supplements may aid stress response and boost mood (25Trusted Source).

Fatty fish

Fatty fish like mackerel, herring, salmon, and sardines are incredibly rich in omega-3 fats and vitamin D, nutrients that have been shown to help reduce stress levels and improve mood. 

Omega-3s are not only essential for brain health and mood but may also help your body handle stress. In fact, low omega-3 intake is linked to increased anxiety and depression in Western populations (32Trusted Source33Trusted Source34Trusted Source).

Vitamin D also plays critical roles in mental health and stress regulation. Low levels are associated with an increased risk of anxiety and depression (35Trusted Source36Trusted Source).

Parsley

Parsley is a nutritious herb that’s packed with antioxidants — compounds that neutralize unstable molecules called free radicals and protect against oxidative stress. 

Oxidative stress is associated with many illnesses, including mental health disorders like depression and anxiety. Studies suggest that a diet rich in antioxidants may help prevent stress and anxiety (37Trusted Source).

Antioxidants can also help reduce inflammation, which is often high in those with chronic stress (38Trusted Source).

Parsley is especially rich in carotenoids, flavonoids, and volatile oils, all of which have powerful antioxidant properties (39Trusted Source).

Garlic

Garlic is high in sulfur compounds that help increase levels of glutathione. This antioxidant is part of your body’s first line of defense against stress (40Trusted Source).

What’s more, animal studies suggest that garlic helps combat stress and reduce symptoms of anxiety and depression. Still, more human research is needed (41Trusted Source42).

Broccoli

Cruciferous vegetables like broccoli are renowned for their health benefits. A diet rich in cruciferous vegetables may lower your risk of certain cancers, heart disease, and mental health disorders like depression (46Trusted Source47Trusted Source48Trusted Source).

Cruciferous vegetables like broccoli are some of the most concentrated food sources of some nutrients — including magnesium, vitamin C, and folate — that have been proven to combat depressive symptoms (48Trusted Source).

Broccoli is also rich in sulforaphane, a sulfur compound that has neuroprotective properties and may offer calming and antidepressant effects (49Trusted Source50Trusted Source51Trusted Source).

Additionally, 1 cup (184 grams) of cooked broccoli packs over 20% of the DV for vitamin B6, a higher intake of which is tied to a lower risk of anxiety and depression in women (52Trusted Source53Trusted Source).

Chickpeas

Chickpeas are packed with stress-fighting vitamins and minerals, including magnesium, potassium, B vitamins, zinc, selenium, manganese, and copper. 

These delicious legumes are also rich in L-tryptophan, which your body needs to produce mood-regulating neurotransmitters (54Trusted Source). 

Research has found that diets rich in plant proteins like chickpeas may help boost brain health and improve mental performance (55Trusted Source).

In a study in over 9,000 people, those who followed a Mediterranean diet rich in plant foods like legumes experienced better mood and less stress than those who followed a typical Western diet rich in processed foods (56Trusted Source).

Chamomile tea

Chamomile is a medicinal herb that has been used since ancient times as a natural stress reducer. Its tea and extract have been shown to promote restful sleep and reduce symptoms of anxiety and depression (57Trusted Source58Trusted Source).

An 8-week study in 45 people with anxiety demonstrated that taking 1.5 grams of chamomileextract reduced salivary cortisol levels and improved anxiety symptoms (59Trusted Source).

Blueberries

Blueberries are associated with a number of health benefits, including improved mood (60Trusted Source61Trusted Source).

These berries are high in flavonoid antioxidants that have powerful anti-inflammatory and neuroprotective effects. They may help reduce stress-related inflammation and protect against stress-related cellular damage (62Trusted Source).

What’s more, studies have shown that eating flavonoid-rich foods like blueberries may safeguard against depression and boost your mood (60Trusted Source63Trusted Source).

Fruits

9 alimentos fantásticos para ajudar a aliviar o estresse

Se você está se sentindo estressado, é natural buscar alívio. Abaixo você verá algumas ótimas opções para aliviar o estresse.

Embora surtos ocasionais de estresse sejam difíceis de evitar, o estresse crônico pode afetar seriamente sua saúde física e emocional. Na verdade, pode aumentar o risco de doenças como doenças cardíacas e depressão.

Curiosamente, certos alimentos e bebidas podem te ajudar a aliviar o estresse.

Aqui estão 9 alimentos e bebidas que aliviam o estresse para adicionar à sua dieta.

Batatas doces

Comer fontes inteiras de carboidratos ricas em nutrientes, como a batata-doce, pode ajudar a reduzir os níveis do hormônio do estresse, cortisol.

Embora os níveis de cortisol sejam rigidamente regulados, o estresse crônico pode levar à disfunção do cortisol, que pode causar inflamação, dor e outros efeitos adversos.

Um estudo de 8 semanas em mulheres com excesso de peso ou obesidade descobriu que aquelas que comeram uma dieta rica em carboidratos integrais e densos em nutrientes tinham níveis significativamente mais baixos de cortisol salivar do que aquelas que seguiram uma dieta americana padrão rica em carboidratos refinados.

Batata doce é um alimento completo que é uma excelente escolha de carboidratos. Eles são embalados com nutrientes que são importantes para a resposta ao estresse, como vitamina C e potássio.

Ovos

Os ovos são frequentemente chamados de multivitamínicos da natureza devido ao seu impressionante perfil de nutrientes. Ovos inteiros são embalados com vitaminas, minerais, aminoácidos e antioxidantes necessários para uma resposta saudável ao estresse.

Ovos inteiros são particularmente ricos em colina, um nutriente encontrado em grandes quantidades em apenas alguns alimentos. Foi demonstrado que a colina desempenha um papel importante na saúde do cérebro e pode proteger contra o estresse.

Estudos em animais observam que os suplementos de colina podem ajudar na resposta ao estresse e melhorar o humor.

Peixe

Peixes gordurosos como cavala, arenque, salmão e sardinha são incrivelmente ricos em gorduras ômega-3 e vitamina D, nutrientes que comprovadamente ajudam a reduzir os níveis de estresse e melhorar o humor.

Os ômega-3 não são apenas essenciais para a saúde do cérebro e o humor, mas também podem ajudar seu corpo a lidar com o estresse. Na verdade, a baixa ingestão de ômega-3 está associada ao aumento da ansiedade e da depressão nas populações ocidentais.

A vitamina D também desempenha um papel crítico na saúde mental e na regulação do estresse. Níveis baixos estão associados a um risco aumentado de ansiedade e depressão.

Salsinha

A salsa é uma erva nutritiva que contém antioxidantes – compostos que neutralizam moléculas instáveis chamadas radicais livres e protegem contra o estresse oxidativo.

O estresse oxidativo está associado a muitas doenças, incluindo transtornos de saúde mental como depressão e ansiedade. Estudos sugerem que uma dieta rica em antioxidantes pode ajudar a prevenir o estresse e a ansiedade.

Os antioxidantes também podem ajudar a reduzir a inflamação, que geralmente é alta em pessoas com estresse crônico.

A salsa é especialmente rica em carotenóides, flavonóides e óleos voláteis, todos com poderosas propriedades antioxidantes.

Alho

O alho é rico em compostos de enxofre que ajudam a aumentar os níveis de glutationa. Este antioxidante é parte da primeira linha de defesa do seu corpo contra o estresse (40Trusted Source).

Além do mais, estudos com animais sugerem que o alho ajuda a combater o estresse e reduzir os sintomas de ansiedade e depressão. Ainda assim, mais pesquisas humanas são necessárias.

Brócolis

Os vegetais crucíferos, como o brócolis, são conhecidos por seus benefícios à saúde. Uma dieta rica em vegetais crucíferos pode diminuir o risco de certos tipos de câncer, doenças cardíacas e distúrbios mentais como depressão.

Vegetais crucíferos como brócolis são algumas das fontes alimentares mais concentradas de alguns nutrientes – incluindo magnésio, vitamina C e folato – que comprovadamente combatem os sintomas depressivos.

O brócolis também é rico em sulforafano, um composto de enxofre que possui propriedades neuroprotetoras e pode oferecer efeitos calmantes e antidepressivos.

Além disso, 1 xícara (184 gramas) de brócolis cozido embala mais de 20% do VD de vitamina B6, uma ingestão maior do que está ligada a um menor risco de ansiedade e depressão em mulheres.

Grão de bico

O grão de bico contém vitaminas e minerais que combatem o estresse, incluindo magnésio, potássio, vitaminas B, zinco, selênio, manganês e cobre.

Essas deliciosas leguminosas também são ricas em L-triptofano, de que seu corpo precisa para produzir neurotransmissores que regulam o humor.

Pesquisas descobriram que dietas ricas em proteínas vegetais, como grão de bico, podem ajudar a aumentar a saúde do cérebro e melhorar o desempenho mental.

Em um estudo com mais de 9.000 pessoas, aqueles que seguiram uma dieta mediterrânea rica em alimentos vegetais, como legumes, tiveram melhor humor e menos estresse do que aqueles que seguiram uma dieta ocidental típica, rica em alimentos processados.

Chá de camomila

A camomila é uma erva medicinal usada desde os tempos antigos como um redutor natural do estresse. Foi demonstrado que seu chá e extrato promovem um sono reparador e reduzem os sintomas de ansiedade e depressão.

Um estudo de 8 semanas em 45 pessoas com ansiedade demonstrou que a ingestão de 1,5 gramas de extrato de camomila reduziu os níveis de cortisol salivar e melhorou os sintomas de ansiedade.

Amoras

Mirtilos estão associados a uma série de benefícios à saúde, incluindo melhora do humor.

Estas bagas são ricas em antioxidantes flavonóides que têm efeitos antiinflamatórios e neuroprotetores poderosos. Eles podem ajudar a reduzir a inflamação relacionada ao estresse e proteger contra danos celulares relacionados ao estresse.

Além disso, estudos mostraram que comer alimentos ricos em flavonóides, como mirtilos, pode proteger contra a depressão e melhorar o seu humor.

Write A Comment