In this post you will finally answer this big question about whether coffee is beneficial or harmful to your health.

Most researchers seem to agree that the limit between the benefits and the losses of the drink is the amount consumed and the method of preparation. I already consider this to be good news!

The way coffee is prepared makes all the difference because in the coffee bean there are two chemicals, cafestol and caveol, which can raise blood cholesterol levels.

In addition, coffee cannot be roasted too much as it causes it to lose the beneficial substances to the body. That is why it is always better to opt for lighter brown powders than darker ones.

Caffeine

For many years, caffeine was seen only as a villain because it is believed that it increases the elimination of calcium and competes with vitamin C and iron, being able to cancel these nutrients. Therefore, those who suffer from stress, for example, should exercise caution when ingesting the drink. Pregnant women should also consume in moderation as caffeine can lead to miscarriages.

However, recent studies show that caffeine also has its good side, and may even bring benefits to the body such as reducing the feeling of fatigue and drowsiness (the main reason for my cup of coffee every morning! Lol) also increases the mental processing capabilities and more!

Furthermore, caffeine also has analgesic characteristics, acting to inhibit the action of an enzyme. involved in the painful process. That is why there are several drugs that put it as ingredients in its formulations – especially for headaches.

Conclusion: everything in the right dose!

We can conclude that coffee in the right measure is the secret since overdosing can lead to tachycardia, worsening of digestive tract injuries, worsening of symptoms of intestinal diseases, difficulty sleeping and more.

To avoid complications, according to the alert entity, the ideal is not to exceed the limit of 150ml to 200ml of coffee a day (the equivalent of three or four small cups), distributed in three portions: in the morning, and at the beginning and end in the afternoon, giving at least an hour between one cup and another.

Source: uol.com.br, saude.abril.com.br, conquistestuavida.com.br

xícara de cafe

Café faz Bem ou Mal para Saúde?

Neste post você vai finalmente tirar essa grande dúvida sobre o café ser benéfico ou maléfico a sua saúde.

A maioria dos pesquisadores parece concordar que o limite entre os benefícios e os prejuízos da bebida é a quantidade consumida e o modo de preparo. Já considero isso uma boa notícia!

A forma como o café é preparado faz toda a diferença pois no grão do café tem dois químicos que são o cafestol e o caveol que podem elevar os níveis de colesterol no sangue.

Além disso, o café não pode ser muito torrado pois faz com que perca as substâncias benéficas ao organismo. Por isso é melhor sempre optar por pós de cor marrom mais clara do que os de cores mais escuras.

Cafeína

Por muitos anos a cafeína foi vista apenas como uma vilã pois acredita-se que ela aumenta a eliminação de calcio e compete com a vitamina C e o ferro, podendo anular estes nutrientes. Por isso, quem sofre de estresse, por exemplo, deve ter cautela ao ingerir a bebida. Gravidas também devem consumir com moderação pois a cafeína pode levar a abortos.

No entanto, recentes estudos mostram que a cafeína também tem o seu lado bom, podendo até mesmo trazer benefícios para o organismo como diminuir a sensação de fadiga e sonolência (o principal motivo pela minha xicara de café todas as manhãs! rs) aumenta também a capacidade de processamento mental e muito mais!

Ainda mais, a cafeína também tem características analgésicas, agindo na inibição da ação de uma enzima . envolvida no processo doloroso. Por isso são varios os medicamentos que o colocam como ingredientes em suas formulações – especialmente para dor de cabeça.

Vilão ou Herói?

Não é só de cafeina que o café é composto, não é mesmo? Nele também possui potássio, magnésio, cálcio, sódio, ferro, manganês, ácidos graxos livres, niacina e diversos outros minerais, aminoácidos e lipideos importantes para o bom funcionamento do organismo.

O café também pode reduzir a necessidade de opioides naturais como a endorfina, (hormônio do prazer) e também dos artificiais, como morfina, heroína e codeína.

Por conta disso, alguns estudos apontam que o café pode ajudar no tratamento de depressão, além do alcoolismo e da dependência química de drogas.

Veja também: benefícios da canela para saúde

Conclusão: tudo na dose certa!

Podemos concluir que o café na medida certa é o segredo já que exagerar na dose pode levar a taquicardia, agravamento das lesões no aparelho digestivo, piora dos sintomas das doenças intestinais, dificuldades para dormir e mais.

Para não ter complicações, de acordo com a entidade alerta o ideal é não ultrapassar o limite de 150ml a 200ml de café ao dia (o equivalente a três ou quatro xícaras pequenas), distribuídos em três porções: de manhã, e no início e final da tarde, dando um espaço de no mínimo uma hora entre uma xícara e outra.

Fonte: uol.com.br, saude.abril.com.br, conquistestuavida.com.br

Write A Comment